CICLO MENSTRUAL e MENSTRUAÇÃO

Para que possa ocorrer a reprodução, é necessário que o corpo da mulher se prepare, ciclicamente, para a gravidez. Essa preparação é o ciclo menstrual.

A importância do ciclo menstrual e da menstruação é porque o corpo humano tem funções naturais como qualquer outro na Natureza, como a reprodução.

O sistema reprodutor feminino consiste em cinco estruturas: ovários, trompas de Falópio, útero, vagina e vulva.

O ciclo menstrual

Diferente dos homens que produzem os espermatozóides desde a puberdade, por volta dos 12 ou 13 anos de idade, as mulheres já nascem com o seu “estoque” de óvulos nos ovários.

Este estoque é de cerca de 450.000 óvulos, numa forma imatura, dentro dos folículos ovarianos.

Na puberdade, esse estoque começa a ser utilizado, quando começa o ciclo menstrual.

Sistema reprodutor feminino

Sistema reprodutor feminino

Durante o ciclo menstrual, variações de hormônios produzem uma série de mudanças no corpo da mulher, desde a maturação do folículo ovariano para que ocorra a liberação do óvulo, isto é, a ovulação, até a preparação da parede interna do útero (endométrio) que fica espessada para que possa receber o óvulo fertilizado, o futuro embrião.

Uma vez ocorrendo a gravidez, o corpo segue a série de mudanças necessárias para que esta se desenvolva.

Se a gravidez não acontece, ou seja, se o óvulo não é fecundado por um espermatozóide, o corpo desfaz a preparação e tem que “reformatar” a parede interna do útero que ficou espessada, daí ocorre a menstruação, que é o corpo “jogando fora” o espessamento desnecessário do endométrio (parede interna do útero) – por isso sangra – para começar uma nova preparação.

O ciclo menstrual começa no primeiro dia de sangramento de uma menstruação e termina no primeiro dia de sangramento da menstruação seguinte. Embora o ciclo normal em média seja de 28 dias, também é normal haver ciclos mais curtos ou mais longos, de 21 a 35 dias.

Para ser considerado regular, um ciclo não tem que obrigatoriamente durar 28 dias ou durar sempre o mesmo tempo, mas tem que, em média, durar o mesmo número de dias durante a vida da mulher.

Menstruação: quando começa, quanto dura e quando termina na vida de uma mulher

As meninas geralmente começam a ter ciclos menstruais entre 11 e 14 anos de idade.

A última menstruação, ou menopausa, ocorre geralmente entre 45 e 55 anos de idade.

Normalmente, as mulheres começam a ter períodos menstruais menores entre os 39 e 51 anos de idade.

Mulheres na faixa dos 40 anos e as adolescentes podem ter ciclos que mudam muito, isto é, são mais irregulares. Nas adolescentes esta irregularidade reduz até regularizar e, na mulheres mais velhas, a irregularidade aumenta até cessarem os ciclos menstruais e ocorrer a menopausa, isto é, a última menstruação.

As fases do ciclo menstrual

A fase folicular

A fase folicular é a fase inicial do ciclo menstrual. Esta fase prepara a ovulação.

Durante esta fase, o aumento do hormônio folículo-estimulante (FSH) estimula o crescimento e amadurecimento dos folículos ovarianos. Cada folículo contém um óvulo.

Ao final da fase folicular do ciclo menstrual, apenas um único folículo permanecerá ativo e estará pronto para liberar um óvulo.

Também nesta fase, o hormônio estrogênio faz com que a parede interna do útero (endométrio) fique espessada.

O endométrio fica espessado para poder receber o óvulo fertilizado e desenvolver o embrião, ocorrendo a gravidez.

Os níveis de estrogênio aumentam drasticamente durante os dias antes da ovulação e o pico ocorre cerca de um dia antes da ovulação.

O aumento nos níveis de estrogênio provoca um aumento em um outro hormônio, o hormônio luteinizante (LH).

A ovulação ocorre quando o aumento de LH faz com que o folículo rompa e libere um óvulo.

A ovulação acontece no meio do ciclo menstrual. Para um ciclo de 28 dias, a ovulação acontece no décimo quarto dia.

Período menstrual

Ciclo menstrual

Ciclo menstrual

O período menstrual é o período  de sangramento ou menstruação.

O primeiro dia do período menstrual é o primeiro da fase folicular e é o primeiro dia do ciclo menstrual.

O sangue menstrual é proveniente da parede interna do útero (endométrio) que desfaz o espessamento construído no ciclo menstrual anterior.

O sangue pode ser vermelho brilhante, rosa claro ou até mesmo marrom.

O período menstrual geralmente dura cerca de três a sete dias.

O valor normal do fluxo menstrual durante todo o seu período é cerca de um quarto de um copo (50 a 75ml).

Diferença entre ciclo menstrual e período menstrual

O ciclo menstrual é o ciclo de construção de condições para a gravidez e desconstrução desta preparação, quando esta não ocorre, que culmina na menstruação.

O período menstrual é o tempo que ocorre o sangramento menstrual.

Então, ciclo mentrual é o período entre menstruações e período menstrual é o tempo de sangramento menstrual.

A fase de ovulação (período fértil)

A ovulação é o que acontece quando um óvulo é liberado de um folículo ovariano para a trompa de Falópio. Às vezes, dois destes óvulos podem amadurecer em um mês.

O aumento de LH induz a ovulação. O óvulo, assim, é liberado do ovário e, em seguida, desloca-se para o útero.

Como dito acima, em ciclos menstruais regulares de 28 dias, a ovulação ocorre normalmente no dia 14. No entanto, mulheres diferentes têm diferentes “tamanhos” de ciclo menstrual. Em geral, a ovulação ocorre entre o dia 11 e o dia 16 do ciclo menstrual.

Enquanto acontece a ovulação, o endométrio continua a ficar espessado, preparando-se para a gravidez que pode ocorrer se o óvulo for fecundado por um espermatozóide.

Demora cerca de três a quatro dias para o óvulo deslocar-se em direção ao útero.

Para que haja gravidez, a fertilização deve ocorrer dentro de 24 horas após a ovulação ou o óvulo degenera.

Após a ovulação, a fase lútea começa.

A fase lútea (luteínica)

Após a ovulação, o folículo ovariano se torna uma estrutura de produção de hormônio chamado corpo lúteo.

As células do corpo lúteo produzem estrogênio e níveis elevados de progesterona, para estimular ainda mais o desenvolvimento do endométrio (parede interna do útero) em preparação para a implantação de um óvulo fertilizado.

Se a mulher não engravidar, o corpo lúteo degenera cerca de duas semanas após a ovulação. Com isso, os níveis de progesterona e estrogênio caem e o estímulo para o desenvolvimento do endométrio é perdido.

Sem estímulo para continuar espessado, o útero “joga fora” esse espessamento de sua parede interna e esse é o sangramento da menstruação.

Tendo tornado normal a parede interna do endométrio após a menstruação, começa tudo de novo.

No entanto, se a mulher ficar grávida, o corpo lúteo continua a existir e a produzir progesterona e estrogênio.

Cerca de cinco dias após a fecundação, o óvulo fecundado entra no útero e é “implantado” na parede interna do útero.

Com a implantação, a placenta começa a ser produzida e o “hormônio da gravidez” ou gonadotrofina coriônica humana (B-HCG) interrompe o ciclo menstrual, proporcionando estimulação contínua do corpo lúteo a produzir progesterona e seguir adiante a gravidez.

O corpo lúteo assegura a produção hormonal e manutenção do endométrio até cerca de 8 a 12 semanas de gestação. A partir desta fase, a placenta assume esta função.

Conheça 9 sinais e sintomas precoces da gravidez.

E por falar em gravidez, saiba o que pode ser a falta da menstruação.

O ciclo menstrual e suas fases

O ciclo menstrual e suas fases

Referências