AS 5 MELHORES Vitaminas para a Pele

Cuidar da pele deve ser uma parte essencial da saúde. Afinal, é o maior órgão do corpo.

A primeira coisa para manter a pele saudável é limitar a exposição aos raios ultravioleta (UV) nocivos do sol e usar protetor solar protetor diariamente, mesmo em dias nublados, no inverno e em ambientes fechados.

Sol é luz e ele ilumina o dia o ano todo.

Mas o sol é necessário para a produção de vitamina D pelo corpo. Para consertar isso, a suplementação é o que recomendamos.

Certifique-se de obter vitaminas suficientes pode manter a pele saudável. Isso pode se traduzir em uma redução de:

As vitaminas essenciais da pele estão disponíveis nos alimentos e também em forma suplementar.

Selecionamos cinco vitaminas essenciais, embora todas sejam importantes para a pele e para o corpo saudável, o que se reflete na pele.

Vitamina A

A vitamina A funciona normalizando e corrigindo as funções da pele.

Foi comprovado em 1996 que a vitamina A, aplicado na pele ou ingerido por via oral, é capaz de reprogramar a função celular.

Geralmente, os medicamentos derivados da vitamina A, chamados de retinódes, são utilizados para tratar psoríase, acne e outras doenças de pele, assim também como agentes rejuvenescedores, já que tornam a pele mais lisa e reduzem as rugas.

A vitamina A estimula a estruturação da epiderme e da derme – onde está o colágeno, elastina e vasos sanguíneos – por isso reduz as rugas e aumenta o fluxo sanguíneo para a superfície da pele.

A vitamina A realmente aumenta a deposição de colágeno, Portanto, retarda a degradação do envelhecimento normal do colágeno e elastina.

Alguns benefícios da vitamina A:

  • Normaliza o fluxo sanguíneo e ajuda a reduzir os sintomas da rosácea
  • Aumenta a taxa de cicatrização de feridasvitamina pele
  • Torna a pele suave e uniforme
  • Repara a estrutura celular da epiderme – otimizando sua proteção UV
  • Diminui o agrupamento de grânulos de melanina – reduzindo assim a mancha marrom ou a pigmentação
  • Diminui a produção de sebo e, portanto, trata acne
  • Promove uma membrana celular saudável
  • Ajuda na erradicação de lesões cutâneas pré-cancerosas
  • Melhora a hidratação dentro e ao redor da célula fazendo todos os itens acima.

Todas as formas de vitamina A tópica são potentes e eficazes.

O problema é que a pele pode apresentar intolerância no início do uso, devendo ser acompanhado por dermatologista a fim de minimizar o risco de irritações na pele e queimaduras com a radiação solar.

O uso de protetor solar é obrigatório para que usa tópicos derivados de vitamina A.

O segredo para alcançar uma tolerância à vitamina A é dar atenção à pele e usar conforme a aceitação da pele, usando, algumas vezes, em dias alternados até acostumar.

Importante saber que gestantes não devem usar derivados de vitamina A.

Por via oral, há alimentos ricos em vitamina A e carotenos (que são transformados em vitamina A) cuja a ingestão também é importante para a saúde da pele.

Betacaroteno é um pigmento natural encontrado em plantas e responsável pelas cores vibrantes de algumas frutas e legumes, como a cor laranja da cenoura, o vermelho do caqui, e o amarelo intenso da manga.

O betacaroteno ingerido pode ser convertido em vitamina A ou agir como um antioxidante para ajudar a proteger as células dos efeitos nocivos dos radicais livres. Assim, age como um fotoprotetor por via oral, pois reduz os efeitos agressivos da radiação UV do sol na pele.

Alimentos ricos em vitamina A e carotenos são as que têm pigmentação alaranjada, como abóbora, mamão, cenoura, dentre outros. Outras fontes incluem fígado bovino, leite integral e queijo.

Vitamina C

A vitamina C, ou ácido ascórbico, deve ser obtida pela alimentação.

Quando exposta ao calor, ar (oxigênio) e meio alcalino, é facilmente oxidada e perde as suas funções, principalmente quando o alimento está em contato com o cobre e ferro.

A vitamina C é encontrada em níveis elevados na epiderme (camada externa da pele), bem como a derme (camada interna da pele).

É por isso que ela é um dos principais ingredientes encontrados em muitos produtos de cuidados da pele antienvelhecimento.

A vitamina C é essencial para a produção natural de colágeno no corpo, a proteína que dá sustentação e firmeza para a pele (além de cabelos, unhas, articulações). Se a produção de colágeno reduz, começam a aparecer rugas, linhas de expressão e flacidez na pele.

O uso de vitamina C pode reduzir o risco de surgimento de estrias.

A vitamina C também tem ação antioxidante, ou seja, neutraliza os radicais livres, protegendo a pele contra a degradação de colágeno.

Tomar vitamina C por via oral pode aumentar a eficácia dos protetores solares aplicados à pele para proteção contra os raios UV nocivos do sol, diminuindo o dano celular e ajudando o processo de cicatrização.

A ingestão adequada também pode ajudar a reparar e prevenir a pele seca.

A vitamina C aumenta a produção dos glóbulos brancos, células que fazem parte do sistema imunológico, e tem a função de combater micro-organismos e estruturas estranhas ao corpo. Ela também aumenta os níveis de anticorpos.

A recomendação de vitamina C varia de 45-120mg, dependendo da idade e do gênero.

  • Crianças 0-12 meses: 40-450mg
  • Crianças 1-8 anos: 15-20mg
  • Crianças 9-13 anos: 45mgvitamina pele
  • Homens 14-18 anos: 75mg
  • Homens > 18 anos: 90mg
  • Mulheres 14-18 anos: 65mg
  • Mulheres >18 anos: 75mg
  • Gestantes < 18 anos: 80mg
  • Gestantes > 18 anos: 85mg
  • Lactação < 18 anos: 115mg
  • Lactação >18 anos: 120mg

Fumantes têm maior necessidade, pois o organismo consome altas quantidades para neutralizar os radicais livres produzidos pelo cigarro.

As frutas e vegetais são as melhores fontes.

A acerola é disparado a fonte mais rica. Mas também há ótimos índices na goiaba, kiwi, morango, laranja, pimentão, brócolis, couve-de-bruxelas, goji berry, cranberry e caju.

Pessoas com gota, litíase (pedras) e doenças renais não devem consumir suplementos em altas doses.

Vitamina D

A vitamina D é produzida pelo corpo quando a luz solar é absorvida pela pele (VITAMINA D: o Que É e Para Quê Serve?).

Ela também pode ser adquirida na forma de suplementos, o que pode poupar a pele dos efeitos danosos da radiação solar.

Assim, não é necessário danificar a pele para obter a vitamina D.

A vitamina D produzida na pele pelo sol é de graça e os suplemento são pagos, mas, tratar a pele danificada pelo so não é barato. Principalmente se se desenvolver um melanoma maligno.

As necessidades diárias recomendadas ao longo da vida foram atualizadas nos EUA em 2010 e estão atualmente estabelecidas em:

  • Bebés de 0 a 12 meses: 400 UI (10 mcg)
  • Crianças 1-18 anos: 600 UI (15 mcg)
  • Adultos com idade até 70 anos: 600 UI (15 mcg)
  •  Adultos com mais de 70 anos: 800 IU (20 mcg)
  • Mulheres grávidas ou amamentando: 600 UI (15 mcg).

As fontes mais ricas são os peixes gordurosos e o óleo de peixe.

vitamina pele

Aqui está uma lista de alimentos ricos:

  • Óleo de fígado de bacalhau, 1 colher de sopa: 1.360 UI
  • Arenque, fresco, cru, 110 gramas: 1,056 UI
  • Peixe-espada, cozido, 110 gramas: 941 UI
  • Cogumelos, crus, maitake, 1 xícara: 786 UI
  • Salmão vermelho, cozido, 110 gramas: 596 UI
  • Sardinhas, enlatadas, 110 gramas: 336 UI
  • Atum, enlatado, 90 gramas: 68 UI
  • Gema de ovo, 1 unidade: 41 UI

Leia mais sobre vitamina D aqui (VITAMINA D: o Que É e Para Quê Serve?) e aqui (VITAMINA D: Benefícios para a Saúde).

Vitamina E

Como a vitamina C, a vitamina E é um antioxidante. Sua principal função no cuidado da pele é proteger contra danos causados ​​pelo sol.

A vitamina E absorve a luz UV prejudicial do sol quando aplicada sobre a pele. A fotoproteção refere-se à capacidade do corpo para minimizar os danos causados ​​pelos raios UV. Isso pode ajudar a prevenir manchas escuras e rugas.

Normalmente, o corpo produz vitamina E através de sebo, uma substância oleosa emitida pelos poros da pele.

vitamina pele

No equilíbrio certo, o sebo ajuda a manter a pele condicionada e evitar a secura.

Em quem tem a pele particularmente seca, a vitamina E pode ajudar a neutralizar a falta de sebo.

Ela também ajuda no tratamento da inflamação da pele.

Enquanto a vitamina E está disponível em muitos produtos de cuidados da pele, o problema é que quaisquer efeitos podem ser minimizados após a exposição ao sol.

A maioria dos adultos precisa de cerca de 15 mg por dia.

Nozes e sementes, como amêndoas, avelãs e sementes de girassol são ricas em vitamina E.

Também há suplementos.

Usar produtos tópicos que contêm vitamina E e vitamina C pode ser benéfico à pele, por ser antioxidante.

Vitamina K

A vitamina K é essencial para ajudar o processo de coagulação sanguínea do corpo, o que ajuda o corpo a curar feridas, hematomas e áreas afetadas por cirurgias.

Em suas funções básicas, também ajuda certas condições da pele, tais como:

  • Estrias
  • Varicoses
  • Cicatrizes
  • Manchas escuras
  • Olheirasvitamina pele

A vitamina K pode ser encontrada em muitos cremes tópicos diferentes para a pele, e pode ajudar a tratar uma variedade de condições de pele.

A pesquisa sobre os efeitos da vitamina K sobre a pele é mais limitada do que a das vitaminas E e C.

Os adultos precisam entre 90 e 120 microgramas por dia.

Alimentos ricos são:

  • Couve
  • Brócolis
  • Espinafre
  • Alface
  • Repolho
  • Vagem

As vitaminas são essenciais para a saúde da pele

Como as vitaminas são essenciais para a saúde e funções corporais, as deficiências vitamínicas podem causar efeitos adversos na pele.

Uma vez que as vitaminas C e E desempenham papéis tão importantes na proteção da pele sem relação ao sol, as deficiências em qualquer vitamina podem aumentar o risco de danos na pele, incluindo câncer de pele.

O câncer de pele é o tipo de câncer mais comum no mundo.

Os suplementos vitamínicos são fáceis de encontrar, mas somente são indicados se, na alimentação ou por meios naturais, como o sol, não é possível receber doses suficientes

Deve-se ter cuidado com a sobredosagem, principalmente com as vitaminas A, D, E e K, que podem ser acumuladas no corpo.

Referências